Blog

“O primeiro prejuízo é sempre o menor, porque é o mais barato!”

por:

Blog HSM

Blog HSM

Consultores HSM

Está é uma das frases que aprendi com um dos meus biografados, o empresário Affonso Brandão Hennel, fundador da SEMP Toshiba e da SEMP TCL, e que procuro difundir e aplicar na minha vida pessoal e profissional!

O doutor Affonso Brandão Hennel é um dos empresários mais bem preparados o Brasil! Ele transformou a SEMP numa joint venture com a Toshiba em 1977, presidiu a companhia, liderou o mercado, fez a sucessão e, em 2013, depois de uma sequência de resultados negativos, reassumiu a empresa aos 83 anos, acertou as contas, desfez a parceria com a Toshiba e fez nova joint venture com a chinesa TCL! E chega aos 91 anos na presidência do Conselho de Administração com muita disposição para criar metas e objetivos! Uma grande lição de vida e de gestão!

A frase acima nos transmite o seguinte: Não procrastine!!! Se você precisa encerrar um negócio, encerre-o logo! Se precisar demitir alguém na empresa ou que preste um serviço para você, demita ou encerre o contrato logo! Se precisar pagar um divida ou renegociá-la, faça isso logo! Pois, quanto mais se demora a agir, mais cara será a solução!

Esta é uma frase dura, realista, mas junta o simples ao objetivo. Na indústria, no comércio, no terceiro setor, em prestação de serviços ou na nossa vida pessoal, nos deparamos com isso. As situações de lucro e perda se invertem com rapidez.

Não adianta colocar dinheiro em algo mal administrado. Utilizando a metáfora, se a temperatura do “corpo” chegou perto dos 37 graus, tem que tomar atitude antes que vire febre. Intervir, medicar. O primeiro prejuízo é sempre o menor, o mais barato. Toda a necessidade de cura está em torno do primeiro “socorro”. Senão, a “febre” vai aumentar; senão, o prejuízo vai ser maior!

Nessas horas, a racionalidade precisa imperar diante da emoção! Uma empresa não é uma ação beneficente, associação de grupos ou organização sem fins lucrativos. Tenha uma organização ou carreira saudável e, com os resultados positivos, invista parte do lucro em ações sociais, mas não misture os conceitos!  

 Uma das características dos grandes empreendedores é a de não se “esconder” na hora de ter que tomar uma decisão! Eles sabem dizer “Sim” e “Não” de forma assertiva! E muitas vezes, essas respostas ficam divididas entre as situações de querer, de precisar é de ter que agir!

Em tudo que fazemos, devemos respeitar três vetores: ter qualidade; agir com velocidade; ter rentabilidade!

 Sempre que algo atrapalha o bom desenvolvimento de uma dessas etapas, devemos intervir com rapidez!

 Conheci empresários competentes e criativos, mas que demoraram a tomar decisões importantes e que pagaram um alto custo por isso! Alguns deles, de tão brilhantes, reiniciaram suas trajetórias, voltaram a ter sucesso, mas, infelizmente, pecaram no mesmo erro, o de se esquecerem de que:

       O primeiro prejuízo é sempre o menor, porque é o mais barato!

Então, deixo aqui a necessidade e a preocupação que devemos ter em não retardar uma tomada de decisão, independentemente do grau de seriedade que ela tenha!

Não podemos persistir no “hábito” de perder dinheiro, porque se não adotarmos o aprendizado da frase O primeiro prejuízo é sempre o menor, porque é o mais barato, teremos que viver a dura realidade de outra mensagem, a de que:

              É preciso tomar cuidado, porque perder dinheiro acostuma!

Elias Awad

Escritor, Biógrafo e Palestrante

Contato:[email protected]

Inscreva-se: www.youtube.com/eliasawad 

Receba mais conteúdo sobre o assunto do artigo!

Compartilhe

Mais Postagens