Blog

E se eu quiser vender minha empresa?

por:

lbrito

lbrito

[vc_row][vc_column][vc_column_text]Quando a ideia é preparar uma estratégia de saída e vender uma empresa, sorte não é exatamente o termo que deve estar na mente do empreendedor ou do executivo.

Até porque muitas vezes a oferta esperada não atende às expectativas de preço e muitos donos de negócio acabam descobrindo que suas empresas valem menos do que imaginavam.

É surpreendente, mas nos Estados Unidos 65% dos proprietários de empresas não sabem quanto valem seus negócios e 85% deles não têm uma estratégia de saída. Estão confiando no destino – ou na sorte – para garantir um valor adequado caso decidam vender a empresa. Reunimos então algumas dicas dos consultores especializados David Lonsdale e Bob House, publicadas da revista Inc. , uma das principais publicações de negócios dos Estados Unidos, para quem pensa em preparar seu negócio para a venda:

– Aumente a lucratividade. Cada vez mais, os negócios mais atraentes para investidores são aqueles que geram lucro rapidamente. Demonstrar aos compradores que você é lucrativo certamente é um bom primeiro passo, mas mostrar que seus lucros ainda são crescentes certamente ajudará a chegar ao valor esperado.
– Crie acordos recorrentes de receita. Pequenos negócios dependem totalmente de sua área de vendas. Antes de pensar em vender a empresa, implemente de forma consistente processos que aumentem as vendas e a receita, atentando principalmente para fontes recorrentes de receita que geram, garantindo aos compradores que há um fluxo constante de receita enquanto eles se aclimatam ao novo negócio.
– Crie processos e rotinas ágeis e reprodutíveis. Garanta ao comprador que sua empresa funcionará perfeitamente mesmo sem a sua presença. Para isso, é preciso amarrar processos e rotinas que permitam à companhia funcionar efetivamente sem seu envolvimento direto. Não se esqueça de que esses processos devem estar bem documentados para que o negócio continue girando.
– Mantenha os colaboradores chave. A última coisa que um novo proprietário quer é rotatividade de funcionários. Colaboradores capacitados dão estabilidade ao negócio e geram receita real para a empresa. Ao cultivar uma força de trabalho de alta qualidade, você aumenta o valor da empresa, especialmente se tiver colaboradores comprometidos a permanecer após a sua saída.
– Diferencie seus produtos ou serviços. Empresas capazes de desenvolver produtos e serviços diferenciados demonstram aos compradores que estão posicionadas para dominar sua fatia de mercado. Para isso, não se esqueça de desenvolver propriedade intelectual ou de conferir características únicas a seus produtos e serviços.
– Deixe a casa em ordem. Até no caso das empresas, a primeira impressão do comprador é a estrutura física. Antes de colocar sua empresa à venda, tenha certeza de que seu ambiente é o melhor possível. De móveis novos a uma simples pintura, tudo colabora para a primeira impressão.
– Seja reconhecido como ótimo lugar para trabalhar. Colaboradores felizes e baixa rotatividade atraem os investidores. Assim como pacotes de remuneração justos e atrelados ao desempenho. A empresa deve buscar uma reputação de honestidade, justiça e capacidade de entregar o que promete.
– Demonstre capacidade de adaptação. Para garantir o crescimento futuro, é preciso adaptar-se à mudança tecnológica, identificando novos mercados e treinando constantemente a força de trabalho. Empresas atraentes a investidores sem dúvida têm um plano nesse sentido.
– Busque auxílio qualificado. Esteja sempre cercado de bons conselheiros, em todas as frentes: consultores financeiros, advogados, investidores, profissionais de RH. Quem tem esse tipo de apoio sem dúvida está entre os 15% com chances de executar um plano de saída.
Se uma empresa seguir esses nove passos, sem dúvida terá “sorte” suficiente para garantir um comprador à altura, garantem os especialistas.

Nota do Editor: O grande especialista em valuation Aswath Damodaran estará em São Paulo nos dias 13 e 14 de junho para a Master Class em Valuation e Finanças Corporativas. Professor da Stern School of Busines, de Nova York, ele abordará as principais formas de estimar financeiramente o valor de uma empresa que prepara uma estratégia de saída. Para saber mais sobre o evento clique aqui.[/vc_column_text][/vc_column][/vc_row]

Receba mais conteúdo sobre o assunto do artigo!

Compartilhe

Mais Postagens